Inter confirma saída de Coudet e diz que não houve contato com Abel - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Eduardo Coudet - Foto: Ricardo Duarte/Inter

Inter confirma saída de Coudet e diz que não houve contato com Abel

Presidente concedeu coletiva para explicar saída de Coudet, que vai treinar o Celta de Vigo, na Espanha

O presidente do Inter, Marcelo Medeiros, anunciou oficialmente agora há pouco a saída do treinador Eduardo Coudet durante entrevista coletiva. “Infelizmente, o projeto Eduardo Coudet, terminou ontem (domingo) após o jogo contra o Coritiba. Nós em nenhum momento pensamos em ter um outro treinador nesta temporada e na temporada do ano seguinte. Só para recordar, o projeto Eduardo Coudet começou no ano passado, quando o Inter vai a Buenos Aires, paga uma multa rescisória para ter este profissional e seus auxiliares acreditando em um projeto de longo prazo”, disse.

Publicidade

Conforme Medeiros, depois da coletiva da partida contra o Coritiba, “nós fomos surpreendidos com um pedido de demissão de forma irrevogável. Pela manhã, notícias vinda da Espanha e Argentina, e agora há pouco, ele abriu para nós que aceitou um convite para treinar um clube europeu e por isso o pedido de demissão foi feito desta forma”.

O treino na tarde desta segunda-feira (9) foi comandado pelo treinador do sub-20, Fábio Matias. Medeiros descartou um acerto com Abel Braga, anunciado pela Rádio Gaúcha.

“Eu não falei com o Abel, não faria isso enquanto tenho coisas para resolver com o treinador que ainda estava aqui. Elas foram esclarecidas hoje. Em razão da paralização do futebol em consequência da pandemia, levou o calendário para final de fevereiro do ano que vem e as eleições do clube foram mantidas para este ano. Eu não me sinto no direito de fazer a contratação de um treinador para uma gestão que será eleita. O perfil de profissional vai ser um que atenda as condições que nós entendemos que seja de trabalhar até o final das competições deste ano”, destacou.

Publicidade

Coudet deixou o Inter para treinar o Celta de Vigo, na Espanha. O treinador vinha pedindo reforços e reclamando que o grupo era “curto”. Medeiros destacou que o colorado contratou 13 jogadores e não conseguiu fazer mais porque a pandemia provocou uma perde de receita na ordem de R$ 30 milhões.

O Inter volta a campo na próxima quarta-feira (11) contra o América-MG na partida de ida válida pela Copa do Brasil. Em princípio, o time deverá ser comandado por Matias.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.