Inter bate o Juventude em Caxias - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Atacante colorado sobe para marcar de cabeça - Foto Ricardo Duarte/Divulgação

Inter bate o Juventude em Caxias

Solidário na defesa e incisivo no ataque, o Internacional construiu uma vitória com autoridade do Alfredo Jaconi. No final da tarde deste domingo (28/02), em Caxias do Sul, o Colorado enfrentou o Juventude, vice-líder do Gauchão Ipiranga e invicto até então, e venceu pelo placar de 1 a 0. O gol que decretou o triunfo colorado foi marcado por Eduardo Sasha, de cabeça, ainda na primeira etapa.

Time-base

Dando sequência ao processo de renovação e valorização das categorias de base, o time colorado que entrou em campo contou com sete jogadores com passagem pelo Celeiro de Ases em sua escalação. Lesionado, Fernando Bob deu lugar a Fabinho ao lado de Rodrigo Dourado. Recuperado de lesão, Ernando voltou a formar dupla de zaga com Paulão, e Andrigo recebeu oportunidade para sair jogando na meia-cancha.

Inter toma as rédeas do jogo

A partida começou bastante equilibrada, com poucos espaços para combinações de jogadas. Porém, aos poucos, o Inter foi imprimindo o seu ritmo, até chegar ao domínio completo da partida. Aos 16 minutos, Andrigo arriscou de fora da área, a bola desviou na defesa e passou perto. Três minutos depois, Fabinho foi ao fundo pelo lado direito e cruzou para dentro da área. Andrigo desviou de cabeça e a bola sobrou para Sasha, que girou e chutou forte, mas por cima.

A essa altura, o Inter já dava as cartas naturalmente e dominava todas as ações do jogo. Anderson era o responsável por distribuir a bola e concentrava a maior parte da armação das jogadas. Aos 25 minutos, o meia abriu o jogo para Artur, que aparecia pela esquerda. O lateral pedalou, passou de viagem por Hélder e chutou cruzado e rasteiro, mas a bola explodiu na trave. No rebote, Andrigo ainda tentou o arremate, mas a bola carimbou a defesa.

Sasha abre o placar

O jogo era no Alfredo Jaconi, mas o Inter parecia jogar em sua casa, tamanha era a superioridade sobre o adversário, tanto na hora de defender, como na de atacar. Aos 29 minutos, Anderson acionou William no flanco direito e o lateral cruzou para área, mas Pereira bloqueou o arremate de Sasha. De tanto insistir, o Colorado chegou ao gol. Já aos 40 minutos da primeira etapa, Artur foi ao fundo e cruzou para Eduardo Sasha, que aparecia no segundo poste, desferir cabeceio preciso, para baixo, e abrir o placar. O Clube do Povo quase aumentou a vantagem, mas Paulão perdeu grande chance. Em contragolpe rápido, Anderson se livrou da marcação e lançou Andrigo. O camisa 20 deu um passe magistral sobre a defesa, mas o defensor colorado não conseguiu concluir corretamente.

Colorado administra o placar

Com a vantagem no marcador, o Inter pôde jogar com mais tranquilidade na etapa complementar. Aos 3 minutos, Aylon recebeu pela ponta direita e cruzou. O goleiro Elias espalmou e a bola ia sobrando para Sasha, mas Pereira chegou antes para afastar. Aos 17 minutos, um lance polêmico. Sasha completou cruzamento de Artur e o goleiro espalmou. No rebote, Aylon empurrou para dentro, mas o auxiliar levantou a bandeira, alegando impedimento bastante duvidoso do camisa 18.

Aos 27 minutos, Anderson lançou Aylon, que finalizou forte, mas Elias espalmou para escanteio. O Juventude respondeu com Dieguinho, três minutos depois. O atacante do time da casa desferiu chute venenoso da intermediária, mas Alisson estava atento para fazer a defesa. Na sequência, Pará bateu escanteio fechado, mas novamente o goleiro colorado interviu com precisão. No final do jogo, Argel ainda aproveitou para promover a entrada de outros jogadores da base, como Alisson Farias, Gustavo Ferrareis e Yan Petter.

Compartilhe essa notícia

Leave a Reply

Your email address will not be published.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.