Homem é preso após mulher pedir ajuda em delegacia de Gravataí – oreporter.net – Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Prisão - Foto: Polícia Civil/Divulgação

Homem é preso após mulher pedir ajuda em delegacia de Gravataí

A prisão ocorreu em uma residência situada no bairro Santa Cruz, após a vítima procurar ajuda na DEAM e relatar estar sofrendo violência psicológica

Gravataí – Um homem de 31 anos foi preso pelos policiais da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) de Gravataí nessa segunda-feira (28), sob suspeita de cometer o crime de violência psicológica contra uma mulher. A prisão ocorreu em uma residência situada no bairro Santa Cruz, após a vítima procurar ajuda na DEAM e relatar estar sofrendo violência psicológica.

Publicidade
Publicidade

A vítima mencionou que, ao longo do relacionamento com o suspeito, enfrentou não apenas agressões físicas, mas também diversas formas de violência psicológica, incluindo insultos, ameaças e a proibição de trabalhar, entre outras manifestações de abuso. Ela enfatizou que possuía uma medida protetiva contra seu ex-companheiro, porém ele a ameaçou, chegando ao ponto de afirmar ter contratado alguém para matar seus filhos, na tentativa de forçar a retomada do relacionamento, segundo informou a delegada titular da DEAM, Fernanda Generali.

Publicidade

Incialmente, a vítima necessitou de apoio psicológico na Delegacia Especializada, devido ao seu estado emocional abalado e à preocupação com a segurança de seus filhos. Portanto, a equipe procedeu à prisão em flagrante do suspeito, que já acumula diversos registros policiais, por crimes de ameaça e lesão corporal, inseridos no âmbito de violência doméstica e familiar contra a mulher. Ele também está envolvido em um caso mais sério, sendo indiciado por lesão corporal em um procedimento policial anterior relacionado a outra ex-companheira.

Caso testemunhe qualquer tipo de violência contra a mulher, é fundamental fazer uma denúncia. Você pode utilizar o número (51) 98444-0606 via WhatsApp ou acessar o site da Polícia Civil para reportar a situação. Juntos, podemos combater a violência e garantir a segurança das mulheres, ressaltou a delegada. Após a prisão, o homem foi encaminhado para sistema prisional gaúcho

Publicidade
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.