Grêmio vence se mantém vivo na Libertadores - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí

Grêmio vence se mantém vivo na Libertadores

Com dois gols de Everton, Tricolor superou os paraguaios

Depois de conquistar o Campeonato Gaúcho, o Grêmio voltou aos gramados na noite desta terça-feira (23), agora pela Copa Libertadores da América. No Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai, o Grêmio enfrentou o Libertad, líder do grupo. Precisava da vitória e foi o que aconteceu. O time de Renato Portaluppi venceu os donos da casa pelo placar de 2 a 0.

O Tricolor iniciou a partida com uma postura ofensiva, chegando por vezes ao ataque. Apesar de ter maior posse de bola, enfrentou dificuldades para abrir o marcador, devido a forte marcação paraguaia. Mas aos 27 minutos foi efetivo. Alisson recebeu um passe de André, que acionou Everton já dentro da área. O atacante chutou forte, a bola bateu no travessão antes de estufar as redes paraguaias.

A etapa complementar foi um pouco mais equilibrada, mas os gremistas seguiram melhor. Aos 38’, pela segunda vez na partida, Everton marcou. Em contra-ataque pela direita, o atacante recebeu, foi para o meio, passou pela marcação e soltou uma bomba, assinalando um golaço.

Com a vitória, o Grêmio assume a segunda colocação, com sete pontos.

Primeiro Tempo

Antes do primeiro minuto, o Grêmio chegou com um cruzamento da esquerda feito por Cortez, mas o lateral mandou com muita força e Alisson não conseguiu alcançar. Em seguida, Everton recebeu um cruzamento dentro da área, tirou dos marcadores, mas no final, a zaga cortou a escanteio.

O Libertad respondeu aos 4 minutos, com um lançamento para Bareiro, mas Kannemann desarmou o meia que avançava com perigo.Aos 6 minutos, Everton recebeu na esquerda, foi a linha de fundo e cruzou fechado, mas o goleiro paraguaio fez a defesa.

Os adversários tentaram responder em contra-ataque, mas Matheus Henrique conseguiu recuperar para o Tricolor no campo defesa, com 9’.Minutos depois, após insistir no ataque trocando passes, o Grêmio arriscou com Jean Pyerre, com um chute de longa distância, mas o meia acabou mandando pra fora.

Em resposta, Espinoza, da intermediária, mandou um chute forte, direto no centro da meta gremista. Paulo Victor defendeu sem dar rebote.

Com 23 minutos, o Libertad deu um susto com uma rápida troca de passes. A bola acabou chegando a Riveros, que arrematou, mandando por sobre o gol tricolor. Respondendo ao ataque, os gremistas também levaram perigo. Maicon deu um passe para Cortez já dentro da área. Ele cruzou, obrigando Martín Silva a fazer uma grande defesa.

Dois minutos depois, mais uma chance do Grêmio, mas desta vez pela direita. Leonardo Gomes cruzou na área e Everton bateu de voleio, mas pegou muito embaixo da bola e mandou por sobre a meta.

Aos 27 minutos o Grêmio foi efetivo. No lance, Alisson recebeu um passe de André, que acionou Everton já dentro da área. O atacante chutou forte, a bola bateu no travessão antes de estufar as redes paraguaias.

E aos 30’, quase o segundo. Jean Pyerre fez uma grande jogada individual e finalizou da meia direita, mas Martín fez uma grande defesa.Aos 35’, mais uma chance gremista surgiu com Everton, que avançou pela direita e chutou cruzado. Martín defendeu com o pé, para sorte dos paraguaios.

O Libertad teve uma falta a seu favor aos 37’. Oscar cobrou direto, mas mandou por cima.

Segundo Tempo

Para a etapa complementar, Renato colocou Michel no lugar de Maicon.Com 4 minutos, Everton trabalhou com Cortez na esquerda. O lateral recebeu e fez um cruzamento, mas a bola desviou e ficou fácil a defesa de Martín.

Já o Libertad tentou chegar com Bareiro, pela esquerda, mas o meia parou em Kannemann, que barrou o jogador. Depois de cruzar na área e a zaga afastar, Benítez pegou a sobra e mandou um chute forte, mas para fora, com 10 minutos.

Aos 13’, os paraguaios tiveram mais uma chance em falta. Mejía cobrou uma falta, Benítez tentou finalizar, mas para fora.O Grêmio tentou se lançar no contra-ataque. Jean Pyerre cruzou para Alisson, mas o atacante acabou cedendo lateral, com 22’.

Uma grande chance surgiu aos 26’, com uma espetacular jogada de Jean Pyerre. O meia passou a dribles pela marcação, foi a linha de fundo e finalizou. Martín tocou na bola antes dela bater no travessão e a defesa paraguaia afastar.

Os adversários levaram perigo aos 30’. Tacuara recebeu na área e finalizou, mas Paulo Victor saiu do gol para fazer a defesa. O  Tricolor respondeu e tentou com Tardelli, pela direita. Ele recebeu um lançamento, passou pela marcação e finalizou, mas Martín fez a defesa.

Aos 36’, Paulo Victor foi obrigada a fazer uma defesa quase a queima roupa. Tacuara de um passe para Recalde na pequena área. Cara a cara com o goleiro gremista, ele finalizou, mas o camisa 1 fez uma grande defesa. Aos 38’, pela segunda vez na partida, Everton marcou. Em contra-ataque pela direita, o atacante recebeu, foi para o meio, passou pela marcação e soltou uma bomba, assinalando um golaço.

O Libertad tentou em escanteio, com a bola colocada na área. Houve o desvio de Recalde e Paulo Victor se obrigou a fazer mais uma baita defesa. No lance seguinte, Pepê foi acionado na intermediária, mas a arbitragem assinalou um impedimento que não existia.

Nos acréscimos, aos 48’, Jean Pyerre mandou uma bomba de longa distância. Martín Silva defendeu e cedeu escanteio. (Grêmio.Net)

Compartilhe essa notícia