Grêmio vence o Caxias e vai à sétima final seguida do Gauchão – oreporter.net – Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Foto: Luas Uebel/Grêmio

Grêmio vence o Caxias e vai à sétima final seguida do Gauchão

Tricolor abriu 3 a 0 e Caxias tentou reação no segundo tempo

O Grêmio derrotou a equipe do Caxias pelo placar de 3 a 2 na partida de volta das semifinais do Campeonato Gaúcho, na noite desta terça-feira (26), na Arena. O Tricolor vai para a sétima final consecutiva em busca do Heptacampeonato Estadual. Diego Costa marcou duas vezes e Cristaldo completou o placar ainda no primeiro tempo. O time de Caxias descontou na etapa final.

Publicidade

Com a classificação para a final do Campeonato Gaúcho, o time de Renato Portaluppi vai enfrentar o Juventude em dois jogos decisivos em busca do título. A primeira partida deve ocorrer no próximo sábado, 30 de março, às 16h30, no Estádio Alfredo Jaconi. A volta será na Arena, às 16h30 do dia 6 de abril, outro sábado.

Publicidade

Desde os primeiros minutos de jogo, o Tricolor mostrou que não estava interessado em segurar a vantagem do jogo de ida, quando venceu em Caxias do Sul por 2 a 1, e foi muito ofensivo com suas jogadas pelos lados. A articulação do meio para frente funcionou muito com Pepê e Villasanti abrindo jogadas com Gustavo Nunes na esquerda e Pavon pela direita.

O Tricolor chegou na área adversária antes dos primeiros cinco minutos, circulou muito e preocupou bastante a defesa, mas não conseguiu concluir no gol defendido por Volpi. No sistema defensivo, Rodrigo Ely se antecipou em diversos momentos e evitou as chegadas do time de Caxias do Sul.

Publicidade

Marcar o primeiro na Arena era questão de tempo, pois as boas jogadas pelos lados estavam encaixando. Aos 21 minutos de jogo, Pavon recebeu pela direita, colocou velocidade e chutou forte em diagonal para Diego Costa atravessar rasgando a defesa adversária e chutar forte para abrir o marcador. 1 a 0 para o Grêmio, ampliando a vantagem no agregado para 3 a 1.

Mesmo com o jogo completamente sob controle, o time de Renato Portaluppi não pensou em segurar o resultado e foi pra cima do Caxias. Aos 30 minutos, Gustavo Nunes recebeu e conduziu por um bom espaço de campo. Diego Costa fez a parede para manter a aula de contra-ataque em dia. O jovem da base gremista acionou pelo meio na ótima infiltração de Cristaldo, que apareceu na cara do goleiro concluindo por baixo e marcando um belo gol. 2 a 0 no segundo jogo da semifinal e 4 a 1 no agregado da decisão.

Com 38 minutos de jogo, mais um gol gremista em uma atuação de muito brilho do time, coroando a bela participação de Diego Costa. Pavon carregou mais uma vez pela direita e fez o cruzamento. O camisa nove matou a bola no peito, tirou do marcador e chutou para fazer o terceiro bem de frente para o goleiro, mostrando frieza na jogada. 3 a 0 no primeiro tempo e praticamente garantindo a vaga para mais uma final.

Aos 39, Pepê acabou sentindo uma pancada na cabeça, que causou um corte e, com o sangramento, precisou ser substituído. Du Queiroz apareceu para entrar no time. Com o primeiro tempo na fase dos acréscimos, uma falta no meio de campo acabou deixando o Tricolor em desvantagem no número de jogadores. Mayk levantou muito a perna e acertou o rosto do jogador do Caxias. Cartão vermelho e expulsão na Arena.

Na volta para o segundo tempo, o técnico Renato colocou Wesley Costa na vaga de Cristaldo para suprir a falta na lateral após a expulsão de Mayk.

Precisando muito buscar o resultado, o time de Caxias do Sul acabou descontando aos 13 minutos. Após escanteio pelo lado esquerdo e desvio no meio do caminho, o goleiro Caíque não conseguiu fazer a defesa e a bola acabou passando sob seus braços. Vitor Feijão apenas completou sobre a linha e deixou o placar em 3 a 1 na Arena e 5 a 2 no placar agregado. Após o gol do adversário, o técnico Renato chamou André Henrique para entrar na vaga de Diego Costa.

Aos 36 minutos, o time da Serra conseguiu chegar pelo lado esquerdo até a bola ir ao centro da área e a conclusão ser defendida na velocidade de reação elo arqueiro Caíque. Porém, no rebote, Tomas Bastos concluiu para diminuir a vantagem gremista para 3 a 2.

Na reta final do jogo, o time Grená começou a ficar mais violento nas jogadas. Primeiro, Gustavo Nunes foi atingido em um lance de contra-ataque que poderia ampliar a vantagem. Um minuto depois, outra pancada com chegada sobre o pé, ferindo o jovem gremista que precisou ser substituído por Soteldo. No lance, o técnico Renato Portaluppi levou cartão amarelo por pedir que o árbitro usasse a ferramenta do VAR um possível cartão vermelho. Para evitar mais lesões, Pavon saiu para entrada de Dodi.

Mesmo arriscando tudo que tinha, o Caxias não conseguiu tirar a vantagem adquirida pelo Grêmio, que confirmou a classificação para mais uma final de Gauchão.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.