Grêmio perde para o América e sair do Z4 fica ainda mais complicado - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Derrota por 3 a 1 - Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Grêmio perde para o América e sair do Z4 fica ainda mais complicado

Tricolor precisa de ao menos cinco vitórias nas sete partidas restantes do Brasileirão

Na noite de sábado (13), o Grêmio acabou superado pelo América MG pelo placar de 3 a 1 em jogo realizado na Arena Independência, em Belo Horizonte, válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Tricolor se complicou ainda mais na luta contra o rebaixamento. 

O Grêmio começou a partida com a perda de Kannemann, que acabou sentindo dores no quadril no vestiário e foi retirado da equipe para entrada de Ruan. 

Publicidade

Logo aos 3 minutos de jogo, o América abriu o marcador: Felipe Azevedo recebeu lançamento nas costas da zaga, na esquerda, dominou, invadiu a área e deslocou Brenno, mandando no canto esquerdo. O auxiliar chegou a marcar impedimento, mas o VAR confirmou o gol dos donos da casa. 

Tentando colocar a cabeça no lugar, o Tricolor chegou com perigo aos 10 minutos: Ruan fez o lançamento buscando Alisson dentro da área. Ele só não marcou o gol de empate porque o goleiro Matheus Cavichioli saiu do gol para fechar o ângulo e evitar a conclusão.  

Publicidade

Oito minutos depois, Vanderson tabelou com Sarará e a bola sobrou para Ferreira, que puxou para a perna esquerda e chutou. A conclusão saiu sem muita força e Cavichioli não teve dificuldade para fazer a defesa. 

O Grêmio até levava vantagem na posse de bola, mas encontrava dificuldades para criar as oportunidades. 

Aos 31, Ferreira avançou pela esquerda em velocidade, passou por dois adversários e foi derrubado na entrada da área. Uma falta muito perigosa. Vanderson ajeitou o cobrou procurando o ângulo direito, mas a bola passou por sobre o travessão. 

Seis minutos depois, Geromel iniciou contra-ataque soltando para Elias, ainda no campo de defesa. Em velocidade, o atacante avançou e lançou para Ferreira, que entrou na área pela esquerda e devolveu para Elias, que enquadrou o corpo e chutou por cima. 

No lance seguinte, a melhor chance do Tricolor no jogo: Lucas Silva achou Diego Souza livre, na direita. No bico da pequena área, ele deu um toque por cima do goleiro, mas o zagueiro Eduardo Bauermann salvou de cabeça sobre a linha evitando o empate gremista. Incrível! 

Aos 42, Elias foi lançado em profundidade, tirou do goleiro e foi atropelado dentro da área. Penalidade máxima clara reclamada desesperadamente pelos jogadores gremistas, mas o árbitro e o VAR, para surpresa de zero pessoas, nada assinalaram.  

Já nos acréscimos, depois de um erro da defesa gremista, Cortez acabou derrubando o atacante americano dentro da área. Desta vez o árbitro marcou a penalidade. Ademir cobrou no canto direito para ampliar. América 2 a 0. 

Terminou assim o primeiro tempo. 

O Grêmio voltou para etapa final com duas modificações: Sarará saiu para entrada de Darlan e Elias deixou a partida para entrada de Campaz. 

Porém, no primeiro lance, o América ampliou: cruzamento rasteiro da esquerda encontrou Juninho vindo de traz. Ele deu de chapa, rasteiro, no canto esquerdo de Brenno. América 3 a 0. 

Aos 6 minutos, na base do desespero, Alisson arriscou de longa distância, mas Cavichioli fez a defesa com segurança. 

Três minutos depois, um lampejo de esperança para o torcedor gremista: Ferreira pegou a bola na intermediária, pela esquerda, e foi costurando a defesa americana. Driblou três adversários e chutou de perna direita, de dentro da meia-lua da grande área, mandando no canto direito de Cavichioli, que se esticou, mas não conseguiu chegar. Golaço de Ferreira. 

No lance seguinte, mais uma chegada de Ferreira pela esquerda. Em sua jogada característica, puxou a marcação pra dentro e bateu de perna direita. Outra defesa tranquila de Matheus Cavichioli.  

Aos 21, Brenno saiu jogando errado com os pés e o América quase aproveitou: Alê cruzou da esquerda e encontrou a cabeça de Zárate, livre, dentro da área. A conclusão foi em cima do goleiro gremista que se recuperou e fez a defesa. 

No minuto seguinte, Campaz arriscou de fora da área mandando no canto esquerdo de Matheus Cavichioli que fez a defesa em dois tempos. 

Vagner Mancini fez duas alterações na equipe: aos 27, Rafinha entrou no lugar de Vanderson. Aos 34, Diogo Barbosa na vaga de Lucas Silva. 

Mesmo superior na partida, o Grêmio não conseguia criar mais oportunidades. 

Aos 39, Mancini fez uma última modificação colocando Churin no lugar de Ruan, que saiu sentindo. Cortez foi pra zaga e Diogo Barbosa acabou de lateral-esquerdo.  

As modificações não surtiram efeito. O tempo foi passando e o Tricolor viu suas possibilidades de reação se esvaírem. Final: América 3 a 1. 

O Tricolor volta a campo na próxima terça-feira, às 18h, para enfrentar o Bragantino, na Arena, pela 33ª rodada do Brasileirão.    

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.