Grêmio oficializa a saída de Renato do comando técnico - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Renato chegou ao Grêmio para sua terceira passagem em 2016 - Foto: Arquivo

Grêmio oficializa a saída de Renato do comando técnico

Presidente Romildo Bolzan afirmou que a saída do treinador foi uma decisão tomada em comum acordo

A não classificação do Grêmio para a Libertadores, depois de duas derrotas de virada para Independiente del Valle, custou o cargo de Renato Gaúcho. A direção do Tricolor oficializou na tarde desta quinta-feira (15) a saída do treinador e o presidente Romildo Bolzan disse que foi em comum acordo.

Publicidade

No final da manhã, o Conselho de Administração se reuniu na Arena para analisar a permanência do treinador. Pouco depois das 13h30min, Bolzan, acompanhado de alguns dirigentes, deixou a Arena e foi até o hotel onde Renato está morando.

O treinador já vinha bem desgastado junto à torcida desde o ano passado. A eliminação da Libertadores e a derrota na final da Copa do Brasil sem apresentar um bom futebol vinha incomodando o torcedor. A gota d’água foi a nova derrota para o Independiente del Valle na noite desta quarta-feira. O treinador da  transição, Tiago Gomes, assume provisoriamente o comando da equipe.

Confira a nota oficial do Grêmio:

Publicidade

O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense comunica o desligamento de Renato  Portaluppi, em comum acordo com a direção,  do comando técnico do Clube. O Grêmio agradece o profissional pela sua dedicação, sua passagem vitoriosa com conquistas importantes, lealdade à  instituição e por ter sido o técnico mais longevo no comando da casamata gremista. Ao lado do Grêmio, o ídolo Renato Portaluppi alcançou um patamar raro entre técnicos brasileiros. O herói do Mundial de 1983 tornou-se o primeiro brasileiro a ser campeão da Libertadores como jogador e treinador, devolveu o Clube ao caminho das glórias e reconquistou a hegemonia estadual. Também deixam a Comissão Técnica, os auxiliares Alexandre Mendes e Victor Hugo Signorelli.

Depois de quatro anos e sete meses, Renato deixa o Grêmio com os títulos da Copa do Brasil em 2016, Libertadores da América em 2017, Recopa Sul-Americana em 2018 e os títulos do Campeonato Gaúcho em 2018, 19 e 20 e da Recopa Gaúcha em 2019.

O Grêmio deseja êxito na continuidade da carreira de Renato Portaluppi e mantém suas portas sempre abertas ao profissional. 

O treinador da  transição, Tiago Gomes, assume provisoriamente o comando da equipe.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.