Gravataí zera fila de espera para cirurgias de ortopedia e traumatologia - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí

Gravataí zera fila de espera para cirurgias de ortopedia e traumatologia

Em 2020, oferta de procedimentos subiu para 90 por mês

Gravataí – Os investimentos na área da saúde fazem parte das prioridades da Prefeitura de Gravataí. Por meio da Secretaria da Saúde (SMS) e da sua equipe, o município zerou a fila de espera para cirurgias de fraturas decorrentes de traumas. O contrato com o Hospital Dom João Becker, que previa apenas 10 cirurgias por mês e 100% das cirurgias decorrentes dos atendimentos de emergência, chegou a oferecer 90 procedimentos mensais em 2020.

Publicidade

A contratação de novos médicos, avaliação dos prontuários de pacientes que estavam na fila e solicitação de novos exames de imagem contribuíram para esses números. O esforço dos profissionais da saúde, em poucos meses, acabou com a fila de espera dos pacientes com fraturas. Os demais procedimentos cirúrgicos, como ortopedia de média complexidade, também foram sanados.

Desde 2018 a Prefeitura vem trabalhando, em parceria com o Hospital Dom João Becker (HDJB), para melhorar esse serviço. Nessa data foram realizadas, em média, 60 cirurgias de traumato ortopedia por mês, incluindo urgências e eletivas. Em 2019, o número subiu para 71 procedimentos. No primeiro trimestre de 2020 foi realizada uma média de 85 procedimentos mensais.

Quem pode solicitar o serviço?

Publicidade

Por meio de encaminhamento, via atenção básica, toda a população tem acesso a esse tipo de atendimento especializado. Durante a consulta, os médicos verificam necessidades individuais de cada paciente e, de acordo com critérios de protocolos médicos, fazem a solicitação do procedimento.

Os casos de urgência traumatológica com lesões fechadas estão sendo atendidos no Pronto Atendimento 24h (PAM 24h), 24 horas por dia, de segunda a sexta-feira. Nos fins de semana e feriados, estes atendimentos ficam sob a responsabilidade do Hospital Dom João Becker (HDJB). 

Casos de urgência traumatológica com lesões por fratura exposta devem sempre ir diretamente ao hospital, sem a necessidade de passar por atendimento nos demais serviços da rede municipal.

No HDJB são disponibilizadas agendas de consultas eletivas para a especialidade de traumato-ortopedia nos seguintes segmentos corporais: ombro, braço, mão, quadril, joelho, perna, tornozelo e pé.

Publicidade

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.