Futebol feminino e equipe de eSports ganham espaço no Goiás para o futuro - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Fonte: Pixabay

Futebol feminino e equipe de eSports ganham espaço no Goiás para o futuro

O Goiás está apenas seguindo uma tendência de outros clubes do futebol brasileiro

O Goiás Esporte Clube não conseguiu fechar a temporada passada de forma positiva no futebol masculino. A equipe terminou na 18ª colocação do Campeonato Brasileiro, e acabou rebaixada mais uma vez para a Série B. Entretanto, algumas boas notícias chegaram para outras áreas do clube goiano. Com novos investimentos, a equipe confirmou que o time feminino e o projeto voltado para os torneios de eSports vão ganhar mais espaço com a diretoria. A ideia é diversificar as atividades, e conseguir algum sucesso.

No caso dos jogos eletrônicos, o Goiás está apenas seguindo uma tendência de outros clubes do futebol brasileiro. Alguns dos times mais populares do país, como o Flamengo e o Corinthians, possuem grandes estruturas voltadas para os eSports, e estão começando a colher os frutos disso. O rubro-negro carioca, por exemplo, já ganhou mais de R$ 100 mil em prêmios com os torneios oficiais do jogo League of Legends.

Publicidade

O entretenimento digital é um setor que tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil, e consequentemente em diferentes formatos. É o caso das redes sociais, como explica o site da RockContent. Essas plataformas contam com mais de 140 milhões de brasileiros ativos, e com uma projeção de crescimento diário para o futuro. Ou seja, é um número que vai continuar a aumentar no país. Os cassinos online também podem servir de exemplo para o sucesso do entretenimento digital. Como mostra o site Casinos.pt, esses serviços de apostas online oferecem diferentes jogos de apostas, como o pôquer e a roleta, com tecnologias inovadoras e interativas. É possível apostar nas mesas em tempo real, e ter uma experiência bem próxima de uma casa de apostas tradicional. Também poderíamos citar os portais de streamings, que são mais que consolidados por aqui.

A equipe do Goiás entrou de cabeça nessa tendência e, desde o ano passado, possui uma equipe de eSports. Entretanto, o foco no futebol não se perdeu, pois o clube goiano possui apenas equipes que disputam torneios dos jogos FIFA e PES. Esses dois títulos são bastante populares no Brasil, pois são de futebol eletrônico. Não existe nenhum indício de que o esmeraldino possa criar equipes de eSports para outros estilos.

Publicidade

Futebol feminino

Outra novidade importante no Goiás, e que pode gerar mais frutos que o eSports, é o investimento no futebol feminino. Com uma equipe disputando o Brasileirão Feminino A2, a equipe goiana quer melhores resultados no futuro. Isso significa maiores investimentos e mais estruturas para as jogadoras. No ano passado, a eliminação ainda na primeira fase do torneio foi algo ruim, mas que não desmotivou o planejamento.

Atualmente, o Goiás conta com 18 jogadoras no elenco e está em preparação para a nova temporada. Segundo Patrícia Menezes, atual coordenadora da equipe feminina, o calendário para 2021 está quase que definido. Serão disputados alguns amistosos até o início da Série A2 , que deve começar no mês de maio. A expectativa é que o clube consiga chegar na elite do futebol nacional, e não repita a campanha ruim do time masculino.

O futebol feminino tem ganhado força no Brasil e, mesmo que gradualmente, também vai ganhando uma estrutura mais organizada. Recentemente, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou o novo ranking de clubes nacionais e mostrou que a disputa está acirrada. O Goiás, por exemplo, ainda precisa evoluir muito para chegar próximo aos líderes. Atualmente, o esmeraldino ocupa o 58º lugar, com apenas 1140 pontos. O atual líder é o Corinthians, que possui mais de 10 mil pontos.

Novas tendências

Seja com o futebol feminino ou com os eSports, o Goiás está acompanhando de perto o comportamento das pessoas no estado e também no Brasil. Os jogos eletrônicos são usados em campanhas de marketing, principalmente em shoppings e centros comerciais, para chamar atenção do público. Já o futebol feminino, que sempre foi deixado de lado por quase todos os times brasileiros, está ganhando mais atenção e tem batido recorde de audiência no país.

Acompanhar essas tendências significa colocar a equipe esmeraldina mais próxima dos torcedores. Após um 2020 com muitos problemas na equipe masculina, um alento para os fãs é poder acompanhar o Goiás em novas frentes. Isso garante até mais audiência para esses novos projetos da diretoria, que gradualmente podem ganhar mais espaço. Afinal, qualquer torcedor esmeraldino gostaria de ver a equipe no topo do ranking de futebol feminino da CBF.

Publicidade

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.