Fora de casa, Grêmio vence o Cuiabá - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Uma noite de gols para o Grêmio - Foto: Lucas Uebel/Divulgação

Fora de casa, Grêmio vence o Cuiabá

Com gols de Diego Souza e Jean Pyerre, Tricolor bateu o Cuiabá por 2 a 1, na Arena Pantanal

O Grêmio entrou em campo na Arena Pantanal, para disputar o jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, diante do Cuiabá. E iniciou esta fase mata-mata com o pé direito, vencendo os donos da casa pelo placar de 2 a 1, construindo vantagem para a partida de volta, que acontece na próxima quarta-feira (18), às 16h30, na Arena.

Publicidade

O primeiro tempo foi movimentado, com ambas equipes buscando o comando de ataque. Logo cedo, aos 8’, os gremistas conseguiram abrir a contagem com Diego Souza, mas aos 19’, Willians Santana deixou tudo igual. Na reta final da etapa inicial, aos 42’, Jean Pyerre colocou o Grêmio novamente na frente, ao marcar o segundo de pênalti.

Os 45 minutos finais foram mais equilibrados. Os gremistas diminuíram mais o ritmo, enquanto o Cuiabá se aproveitou e pressionou, mas o placar não mudou. Com o resultado, o Tricolor tem vantagem para o jogo de volta, pela decisão das quartas de final da competição.

Primeiro Tempo

Publicidade

Os minutos iniciais da partida foram de estudo de ambas equipes. O primeiro ataque foi adversário, em bola parada. Elvis cobrou escanteio na primeira trave, Maxwell tentou a finalização, mas mandou à direita da meta defendida por Vanderlei, sem perigo. Mas o Tricolor logo respondeu com uma jogada entre Lucas Silva e Cortez, em que o meia acionou o lateral, mas a bola saiu longa demais, indo direto pela linha de fundo.

Na sua segunda oportunidade no ataque, o Grêmio foi efetivo e certeiro. Com 7 minutos jogados, Pepê acionou Victor Ferraz na direita, que e cruzou na medida para Diego Souza subir e mandar de cabeça para o fundo das redes, abrindo a contagem na Arena Pantanal.

O Cuiabá tentou a resposta aos 12’, quando Elvis levantou na área para novamente Maxwell desviar de cabeça, mas não levou muito perigo para Vanderlei. Já os gremistas avançaram minutos depois com Ferreira, que invadiu a área em velocidade, mas o atacante parou na zaga e a bola ficou tranquila para o goleiro João Carlos.

Aos 19’, os donos da casa conseguiram empatar o jogo, depois de uma boa trama. Hayner fez um cruzamento da direita e Willians Santana subiu mais que a zaga,  desviando de cabeça. Vanderlei não conseguiu alcançar, sofrendo o gol. Aos 28’, o Cuiabá ameaçou de novo com uma bola parada. Após escanteio, ela sobrou para Lucas Silva, que ajeitou para o arqueiro gremista fazer a defesa. O Tricolor respondeu da mesma forma, mas Diego Souza ergueu no centro da área e a defesa conseguiu afastar.

Passados 35’, foi a vez de Cortez tentar da esquerda um cruzamento a meia altura, mas Eduardo  Kunde conseguiu mandar pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio, Jean cobrou fechado, mas a zaga cortou. 

Insistindo no ataque, desta vez, Bruno Cortez foi a linha de fundo e cruzou para trás, para Pepê – o atacante recebia quando foi derrubado pela marcação, sofrendo pênalti. Jean Pyerre foi para a cobrança e mandou uma bomba, no canto esquerdo da meta defendida por João Carlos, assinalando o segundo gol gremista, aos 42’.

Segundo Tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa final. Com 3 minutos de bola rolando, Ferreira foi acionado na direita e tentou o cruzamento para a área, mas o atacante acabou mandando nos pés da defesa adversária. Já o Cuiabá teve uma falta perigosa a seu favor. Da entrada da área, pela meia esquerda, Elvis cobrou por cima da barreira, direto para a meta gremista. Vanderlei defendeu com segurança, aos 5’.

O Tricolor chegou bem com uma trama entre Jean Pyerre e Ferreira. O meia acionou o atacante, que devolveu de letra o passe. Jean tentou o cruzamento na pequena área, mas a zaga conseguiu cortar, aos 9’. Mas os donos da casa assustaram a defesa tricolor no minuto seguinte por duas vezes. Primeiro, Vanderlei fez uma grande defesa na cabeçada de Willians Santana e, em seguida, Maxwell mandou na trave. 

O Cuiabá pressionou muito, intensificando seu ritmo na partida. Tanto que logo criou novamente, desta vez dos pés de Elvis, aos 11’, que arrematou de longe, mas a bola foi para fora.

O Grêmio chegou bem aos 21’, com Jean Pyerre recebendo na entrada da área. O meia finalizou, mas João Carlos defendeu. Cinco minutos depois, Thaciano acionou Matheus Henrique na intermediária, pela esquerda. O volante arriscou de longe e soltou o pé, mas parou  na defesa do arqueiro adversário.

Aos 36’, foi a vez de Éverton receber no meio e finalizar de longa distância, mas isolou, sem perigo para o goleiro do time de Mato Grosso. Logo em seguida, Cortez foi acionado na esquerda e cruzou na cabeça de Thaciano, mas o meia mandou pra fora, à direita da meta. 

Thaciano ainda teve uma nova chance depois de uma falha da defesa adversária. O atleta tentou encobrir o goleiro João Carlos, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Na reta final, o Tricolor quase ampliou com Éverton, mas Eduardo Kunde desarmou o atacante próximo a linha de fundo, dentro da área. Com o resultado, o Grêmio constrói vantagem para o jogo de volta, na próxima quarta-feira, na Arena.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.