Fibromialgia é tema de audiência pública em Brasília - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Buscando melhorias para o tratamento da doença - Foto: Divulgação

Fibromialgia é tema de audiência pública em Brasília

O grupo de Cachoeirinha apresentou para as autoridades presentes, a realidade enfrentada e os desafios na busca por melhorias no tratamento e valorização da doença

Cachoeirinha – Em mais uma bandeira levantada pelo mandato do Vereador Crisitian Wasem, ocorreu na última terça-feira (10) audiência pública sobre Fibromialgia, na Câmara dos Deputados, em Brasília. Cachoeirinha esteve representada por Karen Prestes, Joice Vargas, Maríli Luz, Rosely Barcelos e Zoraida Pisone.

O grupo apresentou para as autoridades presentes, a realidade enfrentada e os desafios na busca por melhorias no tratamento e valorização da doença. Pela Associação Nacional dos Fibromiálgicos (Anfibro), estava o Presidente Daniel Corrêa e a vice-Presidente Caren Cunha.  

Entre os presentes estava o Deputado Federal Dr. Leonardo, Autor do PL 3010/2019 (Política Nacional de Proteção às Pessoas com Fibromialgia) – Ratificou a importância da luta e da aprovação do PL.  Substituído posteriormente pelo Deputado Federal Rodrigo Coelho – Incentivou a articulação com lideranças políticas.

Na abertura, o Deputado Federal Dr. Leonardo, Autor do PL 3010/2019 (Política Nacional de Proteção às Pessoas com Fibromialgia) – ratificou a importância da luta e da aprovação do PL.  Substituído posteriormente pelo Deputado Federal Rodrigo Coelho – Incentivou a articulação com lideranças políticas. Já a Deputada Federal Érika Kokay manifestou muita sensibilidade e profundo conhecimento da Fibromialgia e se comprometeu em apresentar a causa aos demais Parlamentares.

O Dr. Carlos Gropen, explanou sobre a Fibromialgia; as sinapses cerebrais da dor, que aumentam com o tempo; as perdas cognitivas que essa Síndrome causa e como ser incapacitante. Da importância do diagnóstico precoce para evitar que o cérebro se “especialize” em dor, agravando a doença com o tempo.

A Dra. Luciana Mendonça Barbosa – Relatou os avanços das pesquisas no campo neurológico em relação à nossa doença, mostrando a possibilidade de termos um marcador biológico (exame) que comprove a doença no futuro.

Caren Cunha – Vice-presidente da Anfibro – Lamentou o adiantado da hora que impossibilitou a apresentação visual, mas enfatizou que a ANFIBRO luta por igualdade, não por privilégios, visto que os Fibromiálgicos, segundo estudo americano, são mais desempregados do que os demais DOENTES CRÔNICOS. E que a Sociedade entenda que a queixa é a única forma que o doente tem de  ”tornar visível “ a sua doença.

Daniel Lenz – Presidente da ANFIBRO encerrou a Audiência agradecendo às lideranças presentes e apoiadores na realização e manifestou gratidão pelas pessoas presentes e pela dedicação das Equipes que atuaram antes e no decorrer desse Evento. “Gratidão da família ANFIBRO a todos envolvidos na lua”.

O grupo saiu com a certeza da aprovação, na Câmara dos Deputados, do PL do Dr Leonardo que trata dos direitos da pessoa com fibromialgia. Os vereadores presentes se propuseram a fazer uma comissão com o intuito de levar a PL das filas para os municípios que ainda não deram entrada. Será feito um esforço multiprofissional para a criação de um protocolo de atendimento específico para a nossa síndrome.

O Vereador Cristian Wasem (MDB), que defende a bandeira da luta por melhorias no tratamento e valorização das pessoas com a doença, reafirma seu compromisso com o grupo e enfatiza que não medirá esforços nessa caminhada. “Vamos seguir em busca de melhorias para essas pessoas que sofrem com a doença”, destacou o parlamentar. 

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.