Duas pessoas são executadas e outras duas baleadas em Gravataí - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí

Duas pessoas são executadas e outras duas baleadas em Gravataí

Os crimes ocorreram na noite deste sábado (12), no Loteamento Breno Garcia e no bairro Mato Alto. As vitimas fatais tinham 18 e 24 anos

Gravataí – Duas pessoas foram executadas a tiros e outras duas baleadas na noite deste sábado (12), em Gravataí. As execuções aconteceram no Loteamento Breno Garcia e no bairro Mato Alto.

Passava das 21h quando a Brigada Militar foi acionada por populares pelo 190, informando que homens armados teriam invadido uma residência e disparados diversos tiros contra os seus moradores. Segundo a BM, ao chegarem na casa, os policiais militares encontraram o corpo Douglas Martins de Oliveira, de 18 anos, já sem vida e com diversos tiros pelo corpo.

No interior do imóvel, havia mais duas pessoas de 38 anos e 50 anos, baleadas nas pernas e na barriga. Elas foram socorridas pelo SAMU para o hospital Dom João Becker, em estado regular. Conforme relatos de testemunhas, a BM, os atiradores chegaram na casa a pé, realizaram os disparos e em seguida fugiram em um veículo desconhecido.

A segunda execução, ocorreu por volta das 23h15min, na rua Belém, no bairro Malto Alto.Também neste caso, moradores relataram aos policiais pelo 190, que um carro havia parado próximo a motocicleta e realizado diversos disparos contra homem que acabou morrendo no local.

Conforme a polícia, ao chegarem no local, eles encontraram o corpo de Lucas Almeida de Bem, de 24 anos, já sem vida caído na calçada e com diversos tiros nas costas e na cabeça. Próximo ao corpo, os brigadianos encontraram cerca de 07 cartuchos deflagrados de pistola calibre 9 milímetros e também foi localizado, alguns metros de distância do corpo, um carregador de pistola municiado com 12 munições intactas.

Em ambos os casos, os locais ficaram isolados pela BM para o trabalho da perícia.E até o momento, não há detalhes sobre as autorias e nem a motivação dos crimes. As execuções serão investigadas pelos policiais da  Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) de  Gravataí.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.