Daer sinaliza RS-118 como sugerido pela Prefeitura - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Secretário de Mobilidade de Gravataí, Adão Castro, confere o projeto com o superintendente do Daer, Ernesto Eichler - Foto: Divulgação/PMG

Daer sinaliza RS-118 como sugerido pela Prefeitura

Obras de sinalização na ERS-118 são feitas com base em projeto apresentado pela Prefeitura de Gravataí. Secretário de Mobilidade Urbana Adão Castro visitou o local e conversou com autoridades do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer)

Gravataí – Finalmente! Depois de a Prefeitura pela segunda vez foi entregue o projeto pela Secretaria de Mobilidade Urbana do Município (Semurb), o governo do Estado, por meio do Daer, começou a fazer as obras para organizar o fluxo de veículos na ERS-118, em um dos trechos mais perigosos da rodovia. É o que faz as ligações da Avenida Centenário com o Distrito Industrial e a Freeway. O local se transformou em uma verdadeira roleta russa, especialmente pra quem sai de Gravataí para seguir pela ERS-118 ou entrar na Freeway (essa é a pior parte).

Publicidade

“Essa demanda não é atual, infelizmente. Os motoristas sempre sofreram com esse trecho. Enquanto fazíamos a rótula entre a Avenida Centenário e a ERS-118, desenvolvemos e apresentamos um projeto para melhorar a situação. Apresentamos uma proposta ao Daer e, com algumas adequações, eles enfim começaram a trabalhar. Fizemos o que era necessário para a nossa população, mesmo que seja responsabilidade do governo do Estado”, afirmou o secretário Adão Castro. Na tarde de sexta-feira (20), o secretário Adão, o superintendente do Daer Ernesto Luiz Vasconcellos Eichler e o engenheiro Rodrigo Stieler estiveram inspecionando a execução dos trabalhos.

De acordo com o secretário Adão Castro, a colaboração entre os dois órgãos foi essencial para o início dos serviços. “Conversei com o superintendente Ernesto Eichler e foi muito importante entrarmos em um acordo. O que está em questão, antes de qualquer coisa, é a segurança dos motoristas. Nossas secretarias estão colaborando com o necessário para a conclusão das obras”, disse Adão. Em conversa com o secretário, Eichler afirmou que se tratava sim do projeto sugerido pela Prefeitura, mas com alguma modificação.

As obras no local, que recebe mais de 70 mil veículos por dia, têm previsão de término para o dia 18 de dezembro, de acordo com representantes do Daer. “Nós gostaríamos de um sistema semaforizado, diferente do que está sendo feito. Porém, como é um projeto emergencial, entendemos que a proposta era viável, pelo menos até a construção de um viaduto no entroncamento da ERS-118 com a Centenário”, completou Adão.

Publicidade
Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.