Correio de Gravataí deixará de circular - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Impresso vai circular até o final do ano - Imagem: Montagem/oreporter.net

Correio de Gravataí deixará de circular

Depois do Diário de Cachoeirinha, Grupo Sinos decide não ter mais a versão impressa do jornal

Gravataí – O Grupo Sinos já decidiu: vai encerrar a circulação impressa do Correio de Gravataí. Com 37 anos, o periódico integrava o Grupo CG de Comunicação até ser adquirido, junto com o Diário de Cachoeirinha, em novembro de 2012. A nova gestão enxugou as estruturas, adotou uma sede única e com a crise econômica dos últimos anos, passou a ter prejuízo.

Novas assinaturas do impresso não estão sendo comercializadas e os atuais assinantes vão recebê-la até o final deste mês. A única opção, ao preço de R$ 10,90, passou a ser a digital. O Grupo Sinos adotou o mesmo procedimento com o Diário de Cachoeirinha em junho deste ano, quando suspendeu a versão impressa.

Além da crise, a perda significativa de assinantes contribuiu para o encerramento das atividades dos jornais impressos nas duas cidades. Ambas passaram a contar com sites que estão muito mais presentes nos acontecimentos dos dois municípios e conquistaram a preferência dos leitores fazendo o Grupo Sinos perder assinantes.

A edição das versões online do Correio de Gravataí e Diário de Cachoeirinha continuarão sendo produzidas a partir da redação do Diário de Canoas, como vem ocorrendo desde que o fim da versão impressa do DC foi decidida.

LEIA MAIS

A última capa do Diário de Cachoeirinha

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.