Como buscar ajuda em casos de dependência química durante a quarentena - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Grupo Farol de Luz somente com reuniões online - Foto: Álbum Pessoal

Como buscar ajuda em casos de dependência química durante a quarentena

Apenas um grupo de mútua ajuda do município está com reuniões online. Os atendimentos no CAPS continuam, mas sem as atividades terapêuticas em grupo

Cachoeirinha – Muitas atividades de ajuda a dependentes químicos que eram realizadas de forma presencial foram alteradas ou interrompidas durante a pandeia. Uma delas foram as reuniões semanais dos grupos de mútua ajuda realizadas nas igrejas do município. Apenas o Grupo Farol de Luz, na Paróquia da Boa Viagem, está com reuniões online, os demais estão com as atividades paralisadas neste período de quarentena.

Publicidade

Segundo o padre Eduardo Delazeri, responsável pelo grupo, para garantir a segurança de todos e seguir as normas estabelecidas, as reuniões seguiram acontecendo, mas online. “No mesmo horário de sempre, todas as quintas-feiras, às 19h30min, nos reunimos virtualmente através do Meet (uma ferramenta de vídeo do Google para reuniões) e realizamos as reuniões normalmente. Usamos essa forma para garantir a privacidade e segurança de todos, já que o que se conversa e se expõe nas reuniões são confidenciais e se alguém colocar para gravar a reunião, acaba aparecendo para todos”.

Antes da pandemia, as reuniões contavam com uma média de 35 participantes, hoje não passa de 20. O grupo, que já existe há 20 anos, segue a modalidade de auto e mútuo ajuda.”Nós atendemos todos os tipos de dependentes, não somente os químicos, mas também os com dependência em jogos, compulsivos por compras, comida, sexo. É um momento de partilhar, sem acusação, sem julgamento. A orientação e o acolhimento do dependente é essencial para a sua recuperação”, explica o pároco.

O Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) mantém o serviço de atendimento e acolhimento, mas as atividades de grupos não estão sendo realizadas em razão do distanciamento social, sendo mantido apenas o tratamento individual presencial, virtual ou pelo telefone. “O tratamento da dependência química através da modalidade de internação voluntária na comunidade terapêutica está acontecendo normalmente. Para ingresso, o paciente deve procurar o CAPS adulto e passar por uma avaliação via acolhimento e os encaminhamentos se diferenciam no caso de adolescentes, mulheres e homens”, explica Fernanda Cecília dos Santos, coordenadora de Políticas de Saúde Mental da Secretaria Municipal da Saúde de Cachoeirinha.

Publicidade
CAPS Adulto fica no bairro Bom Princípio e atende de segunda a sexta, das 8h às 18h Foto: Divulgação

Segundo Fernanda, em caso de necessidade de desintoxicação, os homens são encaminhados ao serviço conveniado ao município e, após, ingressam na Comunidade Terapêutica Reviver. No caso das mulheres ou adolescentes, a desintoxicação acontecerá através da internação hospitalar e, após, encaminhados pela regulação do Estado para as Comunidades Terapêuticas referenciadas. “É importante ressaltar que os pacientes estão sendo rigorosamente avaliados em razão da Covid-19 antes do ingresso nas Comunidades Terapêuticas”.

Para participar do Grupo Farol de Luz é só contatar através dos telefones, ambos são whatsapp (51) 3041 5941 ou (51) 9.9953.7787.
CAPS Adulto: Rua Aparício Soares da Cunha, nº 128, bairro Bom Princípio, Cachoeirinha. Horário de Atendimento: de segunda a sexta-feira das 8h às 18h. Telefone: (51) 3041-6027.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.