Comércio não fecha e aulas presenciais estão mantidas em parte, anuncia Miki - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Miki vai publicar decreto - Foto: Reprodução/Facebook

Comércio não fecha e aulas presenciais estão mantidas em parte, anuncia Miki

Municípios puderam manter a cogestão e isto significa que podem adotar as regras da bandeira vermelha e não preta

Cachoeirinha – Praticamente todas as atividades poderão continuar operando em Cachoeirinha mesmo a cidade estando em bandeira preta dentro do Distanciamento Controlado do RS para o enfrentamento do novo coronavírus. Na Região 10 da Covid-19, que tem ainda Porto Alegre, Gravataí, Glorinha, Viamão e Alvorada, serão adotadas as regras da bandeira vermelha já que está autorizado dentro da cogestão mantida nesta segunda-feira (22) pelo governador Eduardo Leite.

Publicidade

Isto significa que as aulas presenciais continuam em Cachoeirinha nas educação infantil e primeiro e segundo ano do ensino fundamental, conforme determina o governo do estado. O prefeito Miki Breier, que participou de reunião com os prefeitos dos demais municípios no início da noite desta terça, destacou em live que muitos pais precisam enviar seus filhos para as escolas já que trabalham e não têm com quem deixar.

O sistema em Cachoeirinha é híbrido e isto significa que os optantes pelas aulas remotas seguem normalmente as atividades e os que optaram pela presencial e agora não vão poder precisam se adaptar.

As regras da bandeira vermelha são um pouco mais restritivas que as da bandeira laranja que estava em vigor até esta segunda. Na prática, a maioria das atividades deve apenas reduzir o número de trabalhadores e de clientes em espaços comerciais. Algumas atividades, como cinemas, não podem funcionar.

Publicidade

O Governo do Estado vai detalhar as regras em um novo decreto que não foi publicado até as 20h30min desta segunda. Uma regra que já está definida é que nenhuma atividade, exceto as essenciais, podem funcionar entre às 20 horas e 5 horas. O prefeito Miki Breier disse à reportagem que também vai publicar um decreto estabelecendo as regras.

O que pode funcionar das 20 horas às 5 horas

  • Farmácias, hospitais e clínicas médicas;
  • Serviços funerários;
  • Serviços agropecuários, veterinários e de cuidados com animais em cativeiro;
  • Assistência social e atendimento à população em estado de vulnerabilidade;
  • Que realizem atendimento exclusivamente na modalidade de tele-entrega;
  • Postos de combustíveis, vedada, em qualquer caso, a aglomeração de pessoas nos espaços de circulação e nas suas dependências;
  • Os dedicados à alimentação e à hospedagem de transportadores de cargas e de passageiros, especialmente os situados em estradas e rodovias, inclusive em zonas urbanas; e
  • Hotéis e similares.

Atualizada – 23/02/21 – 10h58min – Erramos: as aulas presenciais na rede municipal são apenas para a educação infantil e primeiro e segundo ano do ensino fundamental.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.