CODES realiza a sua primeira reunião - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
A reunião ocorrerá no auditório da Dana - Foto: PMG/Divulgação

CODES realiza a sua primeira reunião

A Prefeitura de Gravataí realizou nesta quarta-feira (28), no auditório da empresa Dana, o primeiro encontro de 2017 do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social de Gravataí (CODES). O prefeito Marco Alba deu boas vindas a todos, empossou os novos conselheiros e explicou o objetivo do Conselho.

“É uma alegria retomarmos os encontros do CODES que foi criado na nossa gestão como uma ferramenta de articulação e aproximação com a sociedade gravataiense. Temos aqui integrantes dos mais variados segmentos para estabelecer um diálogo transparente sobre as ações da Prefeitura e buscar soluções conjuntas e propositivas para o crescimento da cidade”, destacou Marco Alba.

Publicidade

Em seu pronunciamento, o prefeito municipal também opinou sobre o modelo político vigente e, na sua avaliação, insustentável. “Uma mudança administrativa é indispensável. O modelo estrutural vigente faliu, não serve mais à população, pois é centralizado e verticalizado, concentrando a maior parte dos recursos em Brasília e os municípios acabam ficando à deriva”, constatou o chefe do Executivo.

“Aqui em Gravataí estamos fazendo diferente, trabalhando de forma transparente, com uma nova política focada nas áreas sociais e no bem estar dos cidadãos. Hoje teremos a oportunidade de conhecer algumas ações já realizadas, bem como projetos futuros que impulsionarão o desenvolvimento da cidade” completou, formalizando a abertura do evento.

Em seguida, o secretário de Governança e Comunicação Social Claiton Manfro apresentou aos conselheiros o funcionamento das Gestões Participativas e destacou alguns pontos da reforma administrativa vigentes para o segundo mandato do prefeito. Manfro destacou que, assim como o CODES, as GPs servem como elos de transmissão de informações entre a Prefeitura e as comunidades. O secretário também trouxe informações sobre a reforma administrativa realizada pelo prefeito no início do segundo mandato, que incluíram o corte de CCs e a redução de FGs.

Publicidade

Posteriormente, o secretário da Fazenda, Davi Keller, esboçou o panorama orçamentário da Prefeitura afirmando que, ao longo dos últimos quatro anos, a Prefeitura despendeu R$ 152 milhões para pagamentos de dívidas contraídas em outras gestões. “Hoje o município conquistou lisura cadastral junto aos órgãos competentes para habilitar-se à financiamentos, à exemplo do CAF – Corporação Andina de Fomento.

Sobre este tema, o titular da pasta de Habitação, Saneamento e Projetos Especiais, Luiz Zaffalon, apresentou o projeto de captação de R$ 100 milhões, cuja vistoria técnica ao município foi feita pelos técnicos da instituição em maio com aprovação dos projetos e das contrapartidas da Prefeitura. A assinatura do contrato para o início das obras de infraestrutura deve ocorrer em cerca de 40 dias.

“Nunca houve na história de Gravataí um banco internacional querendo investir na cidade como o CAF. Todo este montante será investido principalmente em obras de pavimentação e mobilidade urbana, incluindo a duplicação das pontes do Parque dos Anjos, da Avenida Centenário e a pavimentação de estradas como a Arthur José Soares, Municipal, Henrique Closs, Cavalhada e a Lino Estácio dos Santos, que vai garantir a criação da Rota Turística, fomentando o potencial turístico na cidade”, destacou Zaffalon.

O último painel do dia foi sobre Segurança Pública, conduzido pelo secretário da pasta, Flávio Lopes. Ele compartilhou que segurança continua sendo uma prioridade no segundo mandato do prefeito, sendo que sua primeira medida ao assumir o cargo foi criar o projeto de lei para chamamento de 41 novos Guardas Municipais.

Com a aprovação da lei, Lopes explicou que a Prefeitura amplia o efetivo de 199 para 240 oficias atuando na segurança e integridade do município e da população. Outras ações no âmbito da segurança pública também foram elencadas, tais como a implantação do Centro Integrado de Segurança Pública e a Central de Videomonitoramento.A próxima reunião está marcada para o dia 28 de julho. (Imprensa/PMG)

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.