Caminhão dos Bombeiros atola e festa "rave" na Ritter não é liberada - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Festival com música eletrônica gerou polêmica - Imagem: Reprodução

Caminhão dos Bombeiros atola e festa “rave” na Ritter não é liberada

Dezenas de pessoas já estão no local, muitas vindas do interior do RS, só aguardando a autorização para a festa começar

Cachoeirinha – A Orion Festival – A Journey to the New Word, programado para acontecer neste feriadão da Proclamação da República, ainda não foi liberada pelos Bombeiros depois de uma vistoria longa e demorada na noite desta sexta. O evento, denominado de rave por muitas pessoas em redes sociais, foi programado em uma área de 20 hectares na avenida Frederico Ritter, próxima do acesso à Granja Esperança, cedida pela Associação Humanitária de Assistência Social (Ahumas) para os organizadores em troca de benfeitorias.

O caminhão dos Bombeiros atolou em uma estrada de 700 metros construída e por volta das 20h30min desta sexta ainda estava aguardando socorro. A reportagem apurou que uma alternativa para o ingresso e saída de veículos das forças de segurança estava sendo exigida para a liberação do evento, além de outros documentos.

O festival, que além de música eletrônica abrirá espaço para manifestações culturais e terá até desfile de modas, teve o acesso liberado pelos organizadores, mesmo ainda dependendo da autorização dos Bombeiros, às 17 horas desta sexta-feira (15), com encerramento previsto para domingo. A organização projetava que os três dias do evento atraísse seis mil pessoas. Muitos que chegaram nesta sexta, vindo principalmente do interior, optaram por acampar no local.

Dados da organização apontavam que o festival teria 300 seguranças e três ambulâncias para atender eventuais ocorrências. Uma série de exigências, especialmente voltadas para a segurança, foram fixadas pelos organizadores. Para quem fosse acampar, por exemplo, seria permitido fazer churrasco. As carnes, no entanto, deveriam vir cortadas e serem assadas em grelhas sem a necessidade de espetos. Já os talheres teriam que ser descartáveis. Demais alimentos seriam liberados somente se chegassem em embalagens lacradas.

O festival, que já teve várias edições em outros municípios da região e tem entre os organizadores parentes de empresários e políticos conhecidos em Cachoeirinha, gerou polêmica durante a semana. Uma delas diz respeito a Ahumas, que tem o vereador Manoel D`’Avila como voluntário e principal articular. A entidade recebeu uma retroescavadeira da Prefeitura em forma de cedência e chegaram a ventilar que o equipamento estaria sendo usado para um evento privado.

O presidente da Comissão de Segurança da Câmara, Marco Barbosa, recebeu uma denúncia de possíveis irregularidades na preparação da área com maquinário da Prefeitura. Ele foi até o local na última quinta-feira e ao encontrar o D`Ávila recebeu a explicação de que as máquinas que estavam sendo usadas eram contratadas da organização e que a retroescavadeira da Prefeitura estava em uma oficina para ser consertada.

A organização do evento publicou uma nota em sua página no Facebook. Leia abaixo, sem correções, na íntegra:

Teremos orion SIM!

Informamos que Devido ao grande volume de chuva dos ultimos dias,o solo não ficou em condições para liberação do evento no prazo determinado. Gostaríamos de salientar que a produção fez tudo que podia, e toda parte da estrutura estava pronta para a festa ter inicio.

Os bombeiros nos deram prazo de até as 16h de SÁBADO para reformulação do caminho interno do evento, aonde o caminhão dos mesmos deverá transitar. Após a autorização o evento será liberado das 20h de sábado até as 20h de domingo.

Para aqueles que já vieram de excursão ou estão vindo de outras cidades, o camping estará liberado normalmente e estaremos distribuindo aguas.

Esperamos a compreensão de todos e espero que entendam.

LEIA MAIS

Festa com música eletrônica na Ritter gera polêmica

Bombeiros ainda não liberaram “rave” na Ritter e na rua já há incidentes

Atualizado – 15/11/2019 – 21h25min

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.