Câmara de Vereadores de Cachoeirinha faz Sessão ‘relâmpago’ - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Vereadores trabalharam 10 minutos e fizeram 20 de intervalo - Foto: Reprodução

Câmara de Vereadores de Cachoeirinha faz Sessão ‘relâmpago’

Intervalo foi maior que o tempo utilizado pelos parlamentares

Cachoeirinha – A Câmara de Vereadores de Cachoeirinha realizou uma Sessão ‘relâmpago’ na noite desta terça-feira (20) e o tempo de intervalo acabou sendo maior que o dedicado aos trabalhos previstos no Regimento Interno. Ela deveria ter iniciado às 18 horas, mas acabou começando atrasada, o que tem sido uma rotina.

Publicidade

No total, considerando o intervalo, foram 30 minutos. O primeiro secretário Eduardo Keller fez a chamada de presença, o vereador Paulinho da Farmácia leu trecho bíblico e logo em seguida foram lidos os expedientes. Os espaços destinados aos vereadores para discutirem projetos e temas de interesse da população não foram utilizados e nem os oposicionistas, como vinham fazendo, se manifestaram para criticar o Governo Municipal.

Foram cerca de oito minutos de trabalhos e o presidente Edison Cordeiro chamou o intervalo regimental de 10 minutos, que durou quase 20 minutos. Neste tempo, parlamentares ficam conversando e o assunto era a campanha eleitoral.

Com a nova chamada dos vereadores foi iniciada segunda parte da Sessão, a Ordem do Dia, espaço destinado para discussão e votação de projetos. Havia apenas uma moção de apoio a um projeto do deputado estadual Zucco para ser votado. O autor, Eduardo Keller, pediu a retirada para a correção de um erro.

Publicidade

Antes de encerrar a Sessão, que teve cerca de 10 minutos de trabalho efetivo, o presidente Cordeiro fez uma manifestação dirigida a uma pessoa, sem citar nome:

“Aconteceu uma coisa essa semana e a gente tem que cuidar. Muitas pessoas tem certas opiniões. Colocam no Face o que elas interpretam. Muitas vezes essas atitudes que fazem no Facebook acaba atrapalhando a vida de muitas pessoas. Então, você que faz isso, cuidado. Existe uma palavra que diz aquilo que tu plantar tu vai colher. E pobre miserável és tu que planta isso que você faz vai colher e triste será o fim. Quem fez isso sabe o que estou falando. Deus tenha misericórdia da tua vida”.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.