Cadastro biométrico é opcional - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Apesar de não ser obrigatório, movimento é intenso em Cachoeirinha

Cadastro biométrico é opcional

  • Roque Lopes

Cachoeirinha – O cadastramento biométrico, que ainda está em andamento em pelo menos 43 cidades gaúchas, não é obrigatório em Cachoeirinha (em Gravataí também não), embora os eleitores possam fazer. O processo foi iniciado no ano passado e até a eleição deste ano, mais 83 municípios estarão dentro do novo sistema que já chegou a outras 186 cidades. Mesmo não sendo obrigatório, o movimento é intenso no cartório eleitoral de Cachoeirinha, que funciona junto ao Fórum. Até 60 pessoas chegam a ser atendidas diariamente, segundo Vitor Marks, chefe de cartório da 143ª zona eleitoral, responsável pela coordenação do processo de biometria na cidade.

Marks explica que muitos eleitores não sabem que o cadastramento é opcional neste momento, mas revela que tem orientado todos para que já façam. “É melhor fazer logo, pois ali na frente Cachoeirinha vai entrar na programação do TSE”, salienta. Segundo ele, todos os eleitores que procuram o cartório, como para solicitar a segunda via ou fazer o primeiro título, já são cadastrados no novo sistema que, conforme a Justiça Eleitoral, garante mais segurança no momento do voto, pois ele só é liberado após a identificação da digital do eleitor. Para fazer o cadastramento, o eleitor deve ir até o cartório eleitoral levando alguns documentos (Veja abaixo). O procedimento consiste em fazer a atualização de dados cadastrais. Em seguida, o eleitor tem foto, impressões digitais e assinatura coletada eletronicamente. Ele já sai do cartório com o título novo.

Documentos necessários

Todos os documentos deverão ser apresentados em original, não sendo aceitas cópias, ainda que autenticadas. Para comprovação da identidade deverão ser apresentados um dos seguintes documentos com foto: Carteira de identidade (RG) ou carteira emitida pelos órgãos de classe controladores do exercício profissional ou CTPS. Para o primeiro alistamento, certidão de nascimento ou casamento são aceitos. CNH ou passaporte não são aceitos. Também é exigido ao eleitor do sexo masculino, maior de dezoito anos, que for fazer seu primeiro título, o certificado de quitação do serviço militar obrigatório. Não serão aceitos como documentos de identificação, em qualquer caso: crachás, CPFs, carteira funcional e carteira de estudante.

Para comprovação do domicílio deverá ser apresentado um dos seguintes documentos: contas de luz, água ou telefone em nome do eleitor ou parente até o segundo grau (pai e mãe, por exemplo), emitidos nos últimos três meses ou contrato de locação de imóvel onde mora, também em seu nome.

Horário

O cartório eleitoral de Cachoeirinha está funcionando no horário de verão, mas até segunda-feira, dia 29. Até quinta-feira, o horário é das 13h às 19h. Já na sexta-feira, é das 9h às 15h. Na segunda, das 13h às 19h. Na terça-feira (1º de março) o horário volta ao normal, sendo das 12h às 19h de segunda a sexta. Quem tiver dúvidas pode telefonar para 3470.2437.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.