Cachoeirinha terá tratamento gratuito para pessoas com Fibromialgia - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Os atendimentos ocorrerá na Cesuca -Foto: Carol Cândido/Imprensa

Cachoeirinha terá tratamento gratuito para pessoas com Fibromialgia

Parceria entre mandato do Vereador Cristian Wasem, Cesuca e grupo Gente de Fibro vai possibilitar o tratamento

Cachoeirinha – “A partir do dia 31 de março, os fibromiálgicos de Cachoeirinha terão tratamento gratuito no Centro Universitário Cesuca através do curso de Fisioterapia”, a notícia foi dada na manhã desta quinta-feira (24) pelo vereador Cristian Wasem, através das suas redes sociais. Há alguns meses, o vereador e as Coordenadoras do grupo Gente de Fibro vêm se reunindo com o reitor do Centro Universitário, Ricardo Mucillo e com a Coordenadora do Curso, Sandra Heberele para selar a parceria.

Publicidade

O tratamento será realizado através de equipamento desenvolvido pelos pesquisadores do Instituto de Física de São Carlos (IFSC) da USP que em 2018, estiveram na cidade e testaram em pacientes com a síndrome. “É um tratamento revolucionário, realizado com a aplicação de laser com ultrassom que ameniza os sintomas dos pacientes. Pacientes apresentam uma melhora de até 90% dos sintomas”, explicou a coordenadora do grupo Gente de Fibro, Karen Prestes.

Publicidade

“Em Cachoeirinha o tratamento já foi aplicado em 50 pacientes, todos com excelentes resultados. Agora com a parceria da Cesuca poderemos ampliar o número de pacientes”, finalizou o vereador.

Para ter acesso:

Publicidade

Se você tem interesse no tratamento, precisa preencher alguns requisitos.

  • Ser morador de Cachoeirinha;
  • Ter laudo médico que comprove a síndrome:
  • Ter a carteirinha de identificação da pessoa com Fibromialgia;
  • E passar pela avaliação realizada pela Equipe de Fisioterapeutas da Cesuca.

Para fazer a carteirinha você precisa entrar em contato com as Coordenadoras do Grupo Gente de Fibro Karen Prestes – fone: 51 9351-7428 ou Gisele Rosa – fone: 51 8956-5434 através do Whats e apresentar comprovante de residência, laudo médico, foto digital, RG e CPF.

Publicidade
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.