Cachoeirinha tem 1 funcionário público para cada 35 habitantes - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí

Cachoeirinha tem 1 funcionário público para cada 35 habitantes

Cachoeirinha está consumindo praticamente todo o seu orçamento com o pagamento de salários para servidores públicos. Um levantamento realizado por este colunista na manhã desta quarta-feira (5) mostra que a cidade, na comparação com as demais da região, é a que mais tem servidores no comparativo com o número de habitantes.

Na tabela abaixo, mostro dados de 2015 do IBGE e considero o número de funcionários públicos da administração direta e a projeção da população apontada pelo Instituto.

Cachoeirinha, conforme os números de 2015 do IBGE, tinha 3.559 funcionários e uma população estimada em 125.975 pessoas. Depois de Cachoeirinha, a vizinha Gravataí é a que mais tem servidores. São 5.229, o que dá um funcionário para cada 52 moradores.

A crise financeira atravessada pela Prefeitura, olhando os relatórios da secretaria da Fazenda, mostra que não houve um cuidado com as finanças públicas nas duas gestões passadas. Com uma receita alta e economia favorável, o último prefeito se esbaldou em gastos sem pensar no futuro. Para os servidores foram concedidos muitos benefícios impossíveis de serem pagos hoje. 67% dos servidores de Cachoeirinha ganham hoje mais de R$ 4 mil por mês, em números deste ano.

Se considerarmos que a cidade é a segunda menor em área do Estado, o grande número de servidores e as constantes reclamações de toda ordem das pessoas, fica evidente que vivíamos diante de uma má gestão.

Se outros municípios conseguem prestar um serviço melhor para a população tendo menos servidores públicos, em Cachoeirinha não deveria ser diferente. Até acho que é hora de começarmos a pensar em um programa de incentivo para aposentadoria e demissão voluntária, como já adotado em muitas prefeituras no Brasil.

Comparando com Gravataí, se Cachoeirinha ficar com 1 servidor para cada 52 habitantes, poderíamos enxugar o quadro em 1 mil servidores, representando uma economia mensal de quase R$ 5 milhões, considerando todos os encargos. A folha cairia de R$ 18,7 milhões para R$ 13,7 milhões, ficando mais adequada a atual realidade financeira.

É o pior remédio possível, mas nestas horas é necessário pensar na sobrevivência e, no caso específico da Prefeitura, na comunidade. Não podemos eleger um prefeito para administrar tão somente o pagamento de salário dos servidores.

Depois do enxugamento, quem ficar precisaria ser mais valorizado ainda, recebendo uma atenção especial na qualificação.

Os funcionários públicos não têm nenhuma culpa pelo quadro atual. Os culpados foram aqueles que criaram cargos e vantagens sem projetar o futuro.

Número de servidores x habitantes

Município Servidores Habitantes Média
Cachoeirinha 3.559 125.975 35
Sapucaia do Sul 2.849 138.357 49
Gravataí 5.229 272.257 52
Alvorada 3.308 206.561 62
Canoas 5.440 341.343 63
Viamão 3.097 251.978 81
Porto Alegre 18.085 1.476.867 82

Fonte: IBGE/2015

ROQUE LOPES é colunista do site oreporter.net. Para falar com ele, envie e-mail para roque@wordmix.com.br

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.