Cachoeirinha monta esquema para atender casos de dengue nas UBSs – oreporter.net – Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Sala de hidratação - Foto: Diléa Fronza/PMC

Cachoeirinha monta esquema para atender casos de dengue nas UBSs

UPA 24 Horas somente deve ser procurada em casos de urgência e emergência

Cachoeirinha – O alto número de casos de dengue fez com que Cachoeirinha decretasse situação de emergência em saúde. Por isso, algumas medidas foram adotadas para atender à população. Desde a última segunda-feira, 26, a UBS Odil Silva de Oliveira passou a atender até as 22 horas. Duas salas de hidratação foram montadas nas UBS Odil e Osvaldo Cruz para pacientes classificados com dengue tipo B. Já para quem foi diagnosticado com a dengue tipo A, todas as unidades fazem hidratação.

Publicidade

A secretária municipal da saúde reforça que, em caso de sintomas de dengue, a população busque, num primeiro momento, a sua unidade de saúde. “Nossos profissionais estão orientados a fazer o acolhimento, identificar os sintomas e fazer os encaminhamentos necessários, sejam eles o teste rápido ou exame de sangue ou então a ida para a UPA, por exemplo. Mas é importante reforçar que o paciente vá a unidade do seu bairro. Desta forma, não iremos sobrecarregar o Odil e a UPA”, afirma.

Publicidade

As unidades de saúde estão abertas ate às 17 horas. Em caso de necessidade de busca de atendimento à noite, a UBS Odil está atendendo até as 22 horas e a UPA permanece 24 horas aberta.

Movimento é considerado tranquilo

Publicidade

Em 2023, a região da UBS Osvaldo Cruz foi a que mais registrou casos de dengue em Cachoeirinha. Neste ano, a unidade, que recentemente passou por uma grande reforma, tem uma sala de hidratação preparada para receber os pacientes. “O movimento é constante, mas ainda tranquilo. Pacientes com sintoma de dengue são acolhidos pela equipe de enfermagem, passam pela triagem, fazemos o teste rápido e, diante da necessidade, é feita a hidratação”, explica a enfermeira Luciane Longhi Ferreira.

De acordo com a coordenadora da atenção básica Karen Fernandes, todas as unidades de saúde estão preparadas para fazer o acolhimento. “O importante é buscar ajuda assim que a pessoa perceber febre e mais pelo menos outros dois sintomas”, afirma.

Sintomas da dengue

Busque atendimento caso você apresente febre acima de 38 graus e mais dois sintomas como:

  • dor no corpo e articulações
  • dor atrás dos olhos
  • mal-estar
  • falta de apetite
  • dor de cabeça

– manchas vermelhas no corpo.

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.