Cachoeirinha deve iniciar nesta quinta a vacinação de professores - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Detalhes deverão ser divulgados até o final desta quarta - Foto: Divulgação

Cachoeirinha deve iniciar nesta quinta a vacinação de professores

Imunização não deverá ficar restrita aos educadores e a secretaria municipal da Saúde está definindo os detalhes

Cachoeirinha – O prefeito Miki Breier confirmou no final da manhã desta quarta-feira (12) à reportagem, que a imunização de professores e demais trabalhadores em educação deverá ser iniciada nesta quinta-feira (13). A definição depende da quantidade de doses disponíveis e o que a cidade vai receber em nova remessa.

As definições sobre quais níveis de ensino e redes serão atendidos em um primeiro momento está sendo feita pela secretaria municipal da Saúde. Os detalhes deverão estar definidos até o final da tarde desta quarta. A decisão de imunizar os trabalhadores em educação foi tomada depois de uma assembleia geral da Federação dos Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs) realizada na manhã de terça-feira (11).

Publicidade

A Famurs recomendou que os municípios incluam nas prioridades de vacinação a categoria de professores. A recomendação aos gestores acontece após a decisão do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS), em negar o pedido do Ministério Público (MPRS) de suspender a vacinação contra covid-19 em professores da rede municipal iniciada por Esteio.

“Nós já temos duas decisões, de primeiro e segundo grau, que permitem a vacinação de professores, é possível que o Estado regulamente agora, mas se não houver essa autorização, a Famurs recomenda que os municípios se organizem para tal”, afirmou o presidente da Famurs, Maneco Hassen. Ficou definido que a Famurs emitirá uma nota orientativa a respeito da vacinação dos profissionais, com base na decisão judicial e que levará em consideração a realidade de cada município.

Publicidade

Gravataí não aguardou a orientação e decidiu iniciar nesta quinta-feira (13) a imunização. O prefeito Luiz Zaffalon, em nota distribuída à imprensa, explicou que “a vacinação dos trabalhadores da educação é objeto de segurança para a comunidade escolar, e com isso melhoramos o processo de volta às aulas”. O prefeito também antecipou que o cronograma seguirá com a vacinação dos demais públicos previstos no Plano Nacional de Imunização (PNI). “É uma grande notícia para a comunidade escolar, para os profissionais de todas as redes de ensino do município.” Os detalhes da imunização dos profissionais em educação serão divulgados até o final desta quarta, mas já foi antecipado que a vacina estará disponíveis para os três níveis de ensino.

Publicidade

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.