Cachoeirinha chega a 20 mortes, mas média de casos indica desaceleração - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí

Cachoeirinha chega a 20 mortes, mas média de casos indica desaceleração

Média continua alta com mais de 20 casos por dia, mas pela primeira vez desde o pico em 15 de julho a curva indica uma queda

Cachoeirinha – A semana termina em Cachoeirinha com um total de 20 óbitos de pessoas que tinham a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. Na quinta-feira (30) foram dois casos. Uma mulher de 57 anos estava internada no Hospital Padre Jeremias, apresentava comorbidades e desenvolveu Síndrome Respiratória Aguda Grave, conforme dados do Boletim Epidemiológico da secretaria municipal da Saúde.

Publicidade

Também na quinta passou a integrar as estatísticas outra mulher, esta de 54 anos. Ela também tinha comorbidades e teve um quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave. A 20ª morte foi registrada nesta sexta-feira (31), um homem e 63 anos com comorbidades. Ele estava internado em hospital de Porto Alegre e apresentou um quadro de síndrome Respiratória Aguda Grave.

Cachoeirinha fechou a semana com 1.228 casos confirmados. Deste total, 872 estão recuperados. Foram aplicados até o momento 4.293 testes.

A média móvel de casos que vem sendo realizada pelo site oreporter.net, assim como por veículos de imprensa em todo o mundo, pela primeira vez nesta pandemia apresentou uma tendência de queda depois de ser manter dentro de uma estabilidade desde o dia 15 de julho, quando a cidade registrou o pico de casos.

Publicidade

A média móvel elimina as variações abruptas de casos diários e permite uma melhor visualização de como o contágio vai se comportando ao longo de um período. Ela é a média dos últimos sete dias e é calculada diariamente. Para saber como a propagação do vírus está se comportando, especialistas recomendam uma comparação com 14 dias atrás.

A apuração feita pelo site oreporter.net aponta que a semana está fechando com uma queda de 17,59% no número de casos. A média caiu na quinta e nesta sexta. Quando o percentual fica em 15%, para mais ou para menos, especialistas consideram que há uma estabilidade.

Quando o percentual ultrapassa esse limite a curva mostra uma alta ou queda. Este último caso é o que acontece em Cachoeirinha. No gráfico, as colunas na cor azul mostram os casos diários e a linha em vermelho é a curva móvel. Os próximos dias indicarão se a tendência vai se confirmar.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.