BM divulga quantos foram presos em Cachoeirinha em agosto - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Mais segurança para Cachoeirinha - Foto: BM/Divulgação

BM divulga quantos foram presos em Cachoeirinha em agosto

Durante o mês de agosto foram realizadas 52 prisões, sendo 46 em flagrante delito e seis foragidos foram capturados

Publicidade

Cachoeirinha – O Comando do 26º Batalhão de Polícia Militar (BPM) apresentou, nesta sexta-feira (10), o balanço quantitativo das ações que foram realizadas durante o mês de agosto em Cachoeirinha. São os indicadores de produtividade que demonstram em números o empenho da Corporação em ser uma polícia ativa e que atua, sobretudo, para prevenir e coibir crimes e proteger a sociedade de variadas formas.

Publicidade

Conforme a BM, mesmo seguindo todos os protocolos sanitários, devido à pandemia de Covid-19, a Brigada Militar seguiu e segue atuando para garantir a segurança de todos. Durante o mês de agosto foram realizadas 46 prisões em flagrante delito, 19,797 kg de drogas e R$ 4.392 reais foram apreendidos, 06 foragidos foram capturados, 04 veículos recuperados e 46 munições foram apreendidas. Além disso, 3.554 pessoas foram abordadas e 2.035 veículos foram fiscalizados.

Publicidade

O Comandante do 26º Batalhão de Polícia Militar, Major Rafael Tiaraju de Oliveira, assevera que “o desempenho do 26º BPM decorre da realização de operações de esforço integrado, desenvolvidas entre o 17º BPM, 15° BPM, Comando Rodoviário da Brigada Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal, além da repressão criminal qualificada, realizada em locais estratégicos previamente determinados por análise criminal. O trabalho integrado com foco no resultado possibilitou a redução dos indicadores de criminalidade na cidade de Cachoeirinha”.

O comandante Tiaraju ressaltou que o 26º BPM reitera “a importância da participação e aproximação da população em apoio às ações de segurança pública com um contato diário com a comunidade a qual auxilia através de denúncias pelos nossos canais de comunicação, entre eles os grupos de whatsapp, telefone 190 e o policiamento ostensivo, na busca de resultados eficientes que vise o melhor controle da criminalidade e da violência”.

Publicidade

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.