Após crise, Clínica 4 Patas reabre para emergências – oreporter.net – Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Em live prefeito disse que clínica não estava fechada e que não vai fechar - Foto: Reprodução

Após crise, Clínica 4 Patas reabre para emergências

Vereador da base de apoio rompeu como governo e prefeito diz que é fake news o fechamento da clínica

Publicidade

Cachoeirinha – A Clínica 4 Patas reabriu para o atendimento de casos de emergências relacionados a gatos e cachorros. Desde a última sexta-feira (10), depois de um comunicado sem muita informação ter sido publicado no perfil da prefeitura de Cachoeirinha no Facebook, uma crise se instaurou. O vereador Jordan Protetor, identificado com a causa animal, publicou em seu perfil que a clínica havia fechado e que funcionários foram demitidos. Ele deixou a base do Governo e perdeu os cargos que tinha.

Publicidade

O que aconteceu, na prática, foi a decisão do Governo de não aceitar mais as intervenções do parlamentar na clínica, onde priorizava os seus casos de socorro a animais e atendimento de pessoas que o procuravam. O prefeito Cristian Wasem não fala abertamente sobre o assunto. Na segunda-feira (13) ele foi até a clínica para gravar uma live ao lado de servidores e da secretaria de Sustentabilidade, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Sueme Pompeo de Mattos.

Publicidade

O prefeito explicou que apenas deixaram de ser feitas consultas e que está ocorrendo uma reestruturação no projeto para que seja qualificado e ampliado o atendimento. Ele chamou de fake news o que o vereador disse, mas sem citar o nome de Jordan ou fazer referência direta a ela. Para o prefeito, a clínica não estava e não está fechada, embora tenha deixado de atender ao público até que houve a decisão de serem atendidas emergências.

Na Sessão da Câmara desta terça, o presidente do Legislativo, Paulinho da Farmácia, que é do mesmo partido de Jordan, disse que a clínica não tem dono fazendo clara alusão de que o colega teria uma influência sobre a clínica para que suas necessidades fossem atendidas. Paulinho prometeu se aprofundar no assunto quando Jordan, que está em viagem a Brasília, estiver presente.

Publicidade

Na live de segunda, o veterinário Evandro Pezzini, que será o coordenador da clínica, explicou que as principais emergências são cesarianas para os casos nos quais cães e gatos não estejam conseguindo fazer o parto natural, bicheiras, obstrução urinária (principalmente em gatos) e algum caso de estrema gravidade no qual o tutor perceba que o animal corre risco de vida. As consultas seguem suspensas até que seja anunciado a nova sistemática de funcionamento da clínica. Cirurgias já agendadas seguem sendo feitas.

Na reestruturação, conforme Sueme explicou na live, será aberto um edital para que mais protetoras de animais, que socorrem os pets de rua, possam usar o sistema com mais celeridade dentro de um planejamento a ser estabelecido. Há também a possibilidade de haver terceirização de serviços.

Nos bastidores há comentários de que a clínica Stanivet assumiria alguns pelo fato de seu proprietário ser ligado ao PP, partido do vice-prefeito. Há alguns anos, ela foi a responsável pela SamuVet, um serviço que gerou dezenas reclamações muito mais pelo fato de a população querer atendimentos que não estavam previstos em contrato. A terceirização de serviços públicos não pode ser feita sem um processo que siga os trâmites legais.

A Stanivet não pode, desta forma, estar definida, salvo se na lista dos serviços tiver algo que somente ela possa oferecer em Cachoeirinha ou algum parecer indicar que ela possui as qualificações exigidas para ser contratada por dispensa de licitação, caso o valor envolvido permita. O vereador Jordan está em viagem a Brasília e a reportagem não conseguiu contato com ele.

Confira a live que a prefeitura fez na clínica:

error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.