Alta temperatura em escola provisória vira caso de Polícia – oreporter.net – Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Temperatura na cozinha - Foto: Divulgação

Alta temperatura em escola provisória vira caso de Polícia

Duas cozinheiras da escola Menino Jesus, instalada no Ginásio da Fátima, foram levadas para a UPA

Publicidade

Cachoeirinha – A escola municipal provisória Menino Jesus, instalada no Ginásio da Fátima em Cachoeirinha, não está oferecendo condições salubres para as cozinheiras. A denúncia é dos vereadores Mano do Parque, David Almansa e Jordan Protetor. Nesta sexta-feira (17) à tarde eles foram até o local fazer uma fiscalização.

Publicidade
Publicidade

Com um termômetro digital infravermelho eles registraram 55 graus na cozinha apontando o dispositivo para a cobertura de zinco. No interior do espaço usado para o preparado de refeições para crianças, onde trabalham três cozinheiras, o calor estava insuportável, conforme relataram. Duas cozinheiras precisaram de atendimento na UPA, segundo Almansa.

Publicidade

A cobertura de zinco teria, naturalmente, um calor elevado sem que isso significasse que no interior da sala ocorresse a mesma coisa, mas Mano conferiu a temperatura dos brinquedos de madeira da pracinha instalada na frente das salas de aula montadas com estruturas de feiras. Sobre uma mesa ele registrou 40 graus. A Defesa Civil foi chamada e decidiu não interditar a cozinha.

Segundo Mano, os Bombeiros informaram que a estrutura montada para receber mais de 200 crianças não possui PPCI. O caso foi registrado na 2ª Delegacia de Polícia. Almansa, em seu perfil em rede social, comentou que nas salas de aula os aparelhos de ar-condicionado não dão conta de fazer a refrigeração. Segundo ele, há ainda outros problemas no local como diversos materiais no ginásio que estariam ao alcance de crianças oferecendo risco de acidente.

Publicidade
Temperatura sobre um brinquedo de madeira na pracinha

A assessoria de imprensa da Prefeitura foi procurada pela reportagem na tarde desta sexta e não deu retorno até a manhã deste sábado. A escola Menino Jesus está montada no Ginásio da Fátima porque o prédio foi interditado devido a falta de manutenção. A estrutura está comprometida. Ela será demolida e uma nova será construída no local. A licitação ainda não foi aberta e não há um prazo definido para o início das obras.

Defesa Civil foi chamada e não viu motivos para interditar a cozinha
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.