A conta que o povo está pagando - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí

A conta que o povo está pagando

Os caminhoneiros conseguiram em apenas três dias o que todos os movimentos sociais e a esquerda não conseguiram desde o impeachment do desastroso governo de Dilma Rousseff. Desde que a Petrobras adotou o novo modelo de reajuste nos preços dos combustíveis, sem a intervenção do Governo como acontecia no passado, passando a levar em conta os preços internacionais para se recuperar dos prejuízos milionários, o brasileiro vem sentindo as consequências.

Para quem não sabe, é bom lembrar da política de incentivo para a compra de caminhões do Governo Dilma. O setor acabou vendendo muito mais caminhões do que seria necessário para transportar nossas cargas. Veio a crise econômica, a pior da história, e com ela a redução nas cargas e, mais recentemente, o aumento no preço do diesel. A União e Estados em consequência da queda de arrecadação, passaram a aumentar os tributos sobre os combustíveis, entre outros.

A política econômica dos governos Lula/Dilma, sem levar em conta a realidade da economia brasileira e mundial, nos levaram para um cenário nebuloso. Vejo nas mídias sociais postagens comentando, fora de um contexto, o quanto os combustíveis subiram durante o governo FHC e Temer e quanto aumentaram durante os governos do PT. Fora de um contexto, parece que os chamados governos de direita não se preocupam com o povo.

Para quem não acompanha e não consegue compreender a realidade da economia, parece que a intenção dos chamados governos de direita, que na verdade são de centro, é a de ignorar as necessidades do povo. Os defensores de políticas populistas ignoram todo um contexto que envolve decisões relacionadas a políticas econômicas.

Eu nem precisaria lembrar que temos um ex-presidente preso por crimes investigados pela Lava Jato. Mas é bom para que não esqueçamos que estamos tentando sair de uma crise histórica causada por um modelo de governo populista que privilegiava políticas públicas dissociada da realidade. É bom não esquecer também, só para citar um exemplo, que Dilma é acusada de comprar a refinaria de Passadina que rendeu um prejuízo de US$ 1 bilhão à Petrobras.

Os problemas que enfrentamos são muito graves e a solução não é nada simples. É necessário que as pessoas tentem compreender o que está acontecendo pesquisando e lendo sobre a crise no Brasil considerando todo um contexto.

Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.