Cachoeirinha tem seu primeiro caso de Covid-19 - oreporter.net - Notícias de Cachoeirinha e Gravataí
Miki voltou a reforçar para que as pessoas fiquem em casa - Foto: Reprodução

Cachoeirinha tem seu primeiro caso de Covid-19

Prefeito Miki Breier fez o anúncio agora há pouco em live no Facebook

Cachoeirinha – O primeiro caso de Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, em Cachoeirinha, foi anunciado pelo prefeito Miki Breier em live no Facebook nesta terça-feira (31). Trata-se de uma mulher, profissional da área da saúde, de 42 anos, que trabalha em Porto Alegre. Ela está com sintomas leves, em quarentena há 10 dias. Não está contato com ninguém. A Prefeitura vem acompanhando diariamente a paciente. 

Publicidade

“A gente sabia que esse momento ia chegar. Temos casos em todos os municípios aqui da volta. Ontem tivemos uma reunião importante com o Centro das Indústrias de Cachoeirinha (CIC) e Associação Comercial de Cachoeirinha (ACC). O isolamento está mantido e na sexta-feira vamos avaliar. É orientação do Ministério da Saúde, dos prefeitos aqui da volta e da Organização Mundial da Saúde. É a forma de o vírus não se proliferar. Então, essa pessoa que está confirmado o caso, ela está em casa sem contato, está isolada e a gente precisa reafirmar o que estamos dizendo há alguns dias: quem tem mais de 60 anos, fique em casa. Vamos manter serenidade, vamos manter o cuidado e responsabilidade com tudo o que estamos fazendo”, disse Miki.

O prefeito voltou a pedir para que os moradores de Cachoeirinha baixem o aplicativo criado pela secretaria municipal da Saúde para que sejam relatados sintomas. Um médico é o responsável por acompanhar os cadastros. Cerca de 500 pessoas já foram atendidas.

O aplicativo pode ser baixado nos celulares e também é possível se cadastrar sem a necessidade de fazer download. Clique aqui e acesse a página do aplicativo.

Publicidade

Sobre o hospital de campanha, Miki falou que na próxima semana ele estará pronto. “Serão 40 leitos de enfermaria, 20 de isolamento e 6 UTIs e mais duas na UPA”, disse.

Segundo o secretário da Saúde, Dyego Matielo, o primeiro caso em Cachoeirinha já era esperado. “Isso já era esperado. Estamos testando pacientes há algumas semanas. Dos 43 casos testados, 29 foram descartados e 14 estão em análise. Estamos no meio de uma região que tem bastante casos, mas estamos preparados”, disse.

O antigo posto 24 horas, conforme o secretário, será usado para pacientes com síndromes gripais leves. Já a UPA atenderá casos agravados e se o paciente piorar será enviado para o hospital de campanha.

Miki voltou a pedir doações de cestas básicas e produtos de higiene. Contatos podem ser feitos pelo fone 9.9260.6683. “Também estamos solicitando a ajuda de voluntários. Temos um comitê de solidariedade, comitê solidário, para quem puder ser voluntário na área da saúde, da limpeza, da logística, da alimentação, sempre tem espaço para ajudar. Quem quiser, entre em contato conosco. É momento de estender a mão”, pediu.

Publicidade
Compartilhe essa notícia
error: Não autorizamos cópia do nosso conteúdo. Se você gostou, pode compartilhar nas redes sociais.